top of page

MANIFESTO CONTRA DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO E DROGAS



ABORTO: A legalização do aborto no Brasil é um tema recorrente no debate público, apesar de dados de uma pesquisa Ipec (ex-Ibope), encomendada pela Globo no ano passado, apontar que a absoluta maioria dos brasileiros (70%) é contra essa prática. Mesmo assim, aparentemente ignorando dados como esse, o Supremo Tribunal Federal (STF), pretende colocar em pauta de votação, a ADPF 442 (Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental), que trata justamente da legalização do aborto. Diante disso, a IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL O BRASIL PARA CRISTO, através do Presidente do Conselho Nacional, publica esse manifesto de repúdio contra a descriminalização do aborto por entender que ABORTO É UM CRIME CONTRA DEUS E CONTRA A FAMÍLIA. É evidente que o aborto é um homicídio e que Deus o condena, portanto somos a favor da vida sempre e em todos os casos.

DROGAS: A descriminalização pavimenta a estrada que levará ao abismo da legalização de mais drogas em um país de dimensões continentais como Brasil. As experiências recentes dos países que flexibilizaram a legislação sobre drogas têm sido desastrosas. Tanto mais se descriminalizam as drogas, tanto mais se observa, como consequência imediata, a diminuição da percepção do risco que a substância causa na sociedade, principalmente nas disfunções familiares. A Igreja tem exercido um papel importantíssimo no cuidado com a FAMÍLIA e observado que as drogas (entre outros males) tem afetado diretamente seus componentes.

Portanto, REPUDIAMOS A FLEXIBILIZAÇÃO DO USO DAS DROGAS!


São Paulo, 29 de setembro de 2023

Pr Luiz Bergamin Presidente do Conselho Nacional das IEP O Brasil Para Cristo



Foto por Bello Olamide

Kommentare


bottom of page